Silver Surfer [NES] – Análise/Detonado

SilverSurfer099

Silver Surfer – NES

Silver Surfer – NES

O jogo Silver Surfer (Surfista Prateado) foi desenvolvido pela Software Creations e lançado pela Arcadia Systems para o Nintendo Entertainment System (NES) em novembro de 1990.
Gameplay.
Neste jogo você irá controlar o Surfista Prateado através de vários níveis que estão divididos em setores, e no fim de cada setor terá um pequeno Boss que você deve destruir, e no final de todos os setores, enfrentará um Boss principal que será um vilão original dos quadrinhos. A jogabilidade será similar a um Shoot ‘em up alternando entre uma visão no estilo Side-Scrolling (visão lateral) e em Top-Scrolling (visão de cima).
Em Surfista prateado teremos 5 níveis e um nível para o último Boss, basicamente eis a história, Galactus chama o Surfista Prateado porque existem forças malignas do Magik Domain estão querendo dominar o universo e somente um dispositivo cósmico poderá ser a salvação. Cada parte deste dispositivo está em posse de um vilão e após juntar todas as partes, poderão atacar esta fonte de maldade do Magik Domain. Tudo contato através de cut-scenes (ceninhas) entre algumas fases.

– Reptyl
– Mephisto
– Possessor
– Fire Lord
– Skrull Emperor
e por fim
– ** Mister Sinister (Magik Domain)

** Eu não acompanho nada do Surfista Prateado não conheço muito a história dele. Não encontrei nada oficial dizendo que o ultimo Boss é o Mister Sinister, mesmo porque apenas uma imagem aparece antes do nível Magik Domain. E o último boss é um ser grande e roxo com uma arma. Caso saibam algo mais concreto me informe! **

Os primeiros 5 chefes você poderá enfrentar na ordem que bem entender, você na verdade escolhe qual enfrentará em uma tela de seleção. Após derrotar todos, você poderá ir ao Magik Domain.
O jogo é famoso por ter uma dificuldade alta, portanto se prepare. Eu considero o maior inimigo neste jogo as paredes. Diferente de muitos jogos, encostou na parede você morre. E isto vai acontecer muito. Tudo neste jogo é previsível e muito mecânico. Então toda vez que você jogar, os mesmos inimigos aparecerão no mesmo lugar sempre e terá os mesmos movimentos sempre. Na verdade depois que você decorar, fica fácil. Mas as paredes ainda assim, as paredes serão um inimigo muito chato.
O surfista irá disparar uma espécie de tiro cósmico pela mão e durante o caminho, o Surfista pode recolher alguns power-ups típicos deste gênero de jogo, uns deixam o tiro mais forte, outros são bombas e outros serão os famosos Options, que são esferas que também disparam tiros.
O botão “A” dispara os tiros, e o botão “B” muda a direção em que as esferas atiram.
O jogo possui um sistema de Password, o que acaba ajudando muito. E você utilizará muito.
Apesar da extrema dificuldade, o jogo é curto. e se você não morrer muito, deverá finaliza-lo antes de 1 hora. Por falar em morrer, evite esta parte a todo custo pois quando isto acontece, perde-se todos os power-ups.
E apesar da dificuldade, caso você ache que está fácil demais, quando terminar o jogo você receberá uma password para deixar o jogo mais difícil ainda. E depois desta existe uma outra mais difícil ainda que fará o modo normal parecer doce para criança. Não sei porque exagerar na dificuldade.
Também possui um modo para dois jogadores, mas não é possível jogar simultaneamente. O jogador 1 vai jogando até terminar o episódio ou morrer. Depois entra o jogador 2 e pode jogar um jogo totalmente diferente e numa ordem diferente ao 1o. player. É completamente inútil. Mas fácil você e um amigo jogarem no tipo cada um joga uma vida ou termina uma fase.
Apesar da dificuldade, o jogo tem uma trilha sonora muito boa para um 8-bits. É viciante. E os eeitos sonoros não são lá ruins não. Apenas cumprem o seu papel. O destaque mesmo é para as músicas que ficaram muito boas.

Os gráficos são razoáveis eu considero um pouco escuro demais e os inimigos são meio estranhos. Você vai atirar em peixes, tartarugas, morcegos e muita coisa estranha. A temática das fases são lá lindas, mas para um 8-bits estão Ok. O problema é o jogo parecer escuro demais, isso sim é ruim.
Silver Surfer para NES é um jogo muito difícil e o segredo para torna-lo mais fácil é destruir o botão de tiro ou usar um turbo. Apesar disto é muito desafiador, e as vezes frenético. É o tipo de jogo bem mecânico onde decorar os inimigos é a chave para termina-lo.
Depois de termina-lo você não vai querer ficar jogando por diversão, é somente pelo desafio. Pois como é um jogo que com o tempo se torna mecânico demais, ele fica cansativo. Só não é cansativo moer o botão de tiro. Você vai sair com dor nos dedos mesmo. Vale muito a pena você jogar Silver Surfer.
Este game já entrou para a lista D.D. (Desafio de Detonar), então joguei e Zerei ele. Não gravei Live nem vídeo, mas conforme fui jogando fui tirando algumas Prints, e deixo elas registrado abaixo.


 

Abertura


 

Reptyl

 

 


 

 Firelord


 

Possessor


 

Skrull Emperor


 

Mephisto


 

Magik Domain


 

Final



 

 

Fontes de pesquisa

 

Cine Massacre – Silver Surfer (NES) James & Mike Mondays – https://www.youtube.com/watch?v=cNMVgAAdrt8
Wikipedia – http://en.wikipedia.org/wiki/Silver_Surfer_(video_game)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *