SilverSurfer099

Silver Surfer – NES

Silver Surfer – NES

O jogo Silver Surfer (Surfista Prateado) foi desenvolvido pela Software Creations e lançado pela Arcadia Systems para o Nintendo Entertainment System (NES) em novembro de 1990.
Gameplay. Continue reading

DestO jogo Alladin, para o SEGA Master System, foi lançado em 1994 e desenvolvido pela SIMS Co. Também lançado para o Sega Game Gear, no mesmo ano e desenvolvido pela mesma empresa, o jogo é idêntico ao do seu irmão não portátil. Este deixaremos para uma postagem futura. Continue reading

 

É fantástico o que as ferramentas atuais para desenvolvimento de jogos são capazes de fazer. Gráficos lindos (não ouso dizer perfeito, pois lembro bem a uns 10 anos pessoas chamando polígonos de gráficos que beiravam a perfeição e hoje sabemos ser de longe tão perfeito quanto um cubo), efeitos de iluminação muito bons e bem aplicados. Dificilmente um jogo atual tem gráfico ruim, exceto Rambo porque este é de longe o pior jogo da geração. Pois bem imagina agora, meu caro amigo, imagine que seja 1992 ou mais ou menos por aí e que noticias sobre o projeto Ultra 64 saiam em revistas como “O futuro”. Abaixo uma lista de alguns jogos e de como poderiam ter sido produzidos naquela época, apesar deu achar muito melhor as imagens do que realmente seria o jogo, poderiam ser muito bacana de serem jogados. Veja a galeria.

Alguns jogos não ficaram apenas na galeria, alguns realmente tiveram uma conversão, e talvez, não a esperada ou oficial, como são os casos abaixo.


Este primeiro é o Mega Drive 4 Guitar Idol da TecToy.


Aqui já é Soul Calibur em uma versão não licenciada. Eu joguei essa Merdacadoria e posso dizer uma coisa, Nunca percam seu tempo procurando isso, não vale a pena.

E a mesma coisa vale para o Tekken 3. Não licenciado e saiu isso. Um pouco melhor que o Soul Calibur. Mas não perca tempo.


E vários TKOF para Mega, com direito a Ryu Cyclops e muito mais. Vale os risos com amigos, mas não perca tempo com single player não. Alias vá jogar MUGEN que é melhor

Vimos que a evolução dos games é enorme, mas também que a criatividade para fazer jogos dos temas atuais é possível sim em um console antigo, e era exatamente isto que tivemos anos atrás, garantindo a diversão com a tecnologia que o tempo nos permitiu.
Nostalgia a parte, ainda bem que a tecnologia evoluiu e temos os consoles de hoje com suas incríveis capacidades, permitindo apreciar os jogos com as riquezas dos detalhes gráficos e sonoros.

Um abraço e que a força esteja com você. Sempre!

Massively multiplayer online role-playing game, mais conhecido pela sigla MMORPG. Amado por muitos, pois integra a melhor parte do RPG com um conceito de múltiplos jogadores. Alias, o múltiplos jogadores é uma visão simplória, pois são muitos jogadores simultaneamente.

A lista destes jogos cresce de maneira exponencial. E citar os melhores é criar uma lista de inimigos da mesma forma exponencial.

Vou listar alguns que eu conheço e tive a oportunidade de jogar.

Mu Online

Mu Online

 

– Mu foi o primeiro que joguei. E no mesmo entusiasmo que comecei a jogar, eu parei. No começo eu comecei a detestar toda aquela brincadeira de matar bichos pequenos, que pareciam animais de fazenda. E também não gostava de armaduras estranhas que pareciam estar ligadas na tomada.
No começo foi bem chamativo, mas a demora para evoluir me deixou desanimado demais.

Devo admitir uma culpa por conta que estava acostumado a jogar Diablo e Diablo 2 então não era muito o meu tipo de jogo.

 

Ragna Logo

Ragna Logo

 

– Ragnarok foi o Segundo, mas muitos anos depois. Eu achei muito legal e apesar dos gráficos era muito divertido de jogar. Mas acabou por não render muito tempo de jogo. Apenas alguns dias, eu ainda estava acostumado ao estilo de Diablo e não me acostumei com a mecânica do jogo. Culpado também é o próximo da lista pois foi um sucessor ao Diablo para jogar e também foi o vilão de todo o meu tempo durante alguns anos. E eu praticamente não joguei Ragnarok a fundo também por causa dele.

 

line2[1]

– Lineage 2 foi o terceiro jogo de MMO que eu joguei, e aqui, onde o tempo se perde, junto com outros jogos e qualquer outra coisa que você imagine.

Antes de conhecer o Lineage 2 eu tinha uma vida, depois dele era trabalho e Lineage 2. Trabalho e Lineage 2. Dormir era opcional. Sim este foi a causa de muitas coisas boas em minha vida e muitas coisas ruins. Fiz muitos amigos, muitos adversários, muitas aventuras e me divertí muito. E foi aqui que veio o meu mais atual e permanente apelido e o qual sou conhecido. Sunblade.

Sunblade originalmente era o personagem de um amigo de trabalho, que me apresentou o game. Quando ele parou de jogar, ele me deu o personagem dele. e passei a joga-lo como meu personagem principal. O personagem estava apenas um pouco evoluído, e era de uma classe nova no jogo. Problemática e cheia de defeitos, mas que eu joguei até o último dia no Servidor. Que por sinal era um servidor pirata. e eu que no começo achava ser o oficial.

Esse game eu arrepio até hoje, pois ele é considerado por muitos o melhor em PvP (Player vs Player). Tem gráficos lindos. Acredito que a maioria dos jogadores nem percebem as vezes o poder gráfico do jogo e seus ricos detalhes, o que é triste. As músicas do jogo são fantásticas. Tem um conceito de RPG perfeito com Tankers, Heallers Damage Deallers. Muitas classes e cada uma com características muito peculiares. EU não vou adentrar muito aos detalhes do Lineage 2 senão não sobrará mais espaço algum para outro MMO.

wow logo

WoW para os mais íntimos, é um clássico. EU me lembro de quando era muito novo jogando Warcraft 2 ainda, e via anuncios nas revistas dizendo que estava sendo planejado um RPG Online. Havia muitas especulações apenas. Muitos anos depois viria o WoW. Eu não tive o previlégio de jogar quando saio, nem perto disto. Alias eu tinha uma visão toda errada de MMO graças ao Diablo. E como envolvia pagar para jogar nunca me interessei.

Anos depois quando eu tive problemas pessoais com pessoas no Lineage e resolví dar um tempo, eu acompanhei alguns amigos no WoW. Joguei alguns meses, mas acabei voltando ao Lineage onde fiquei mais um ano. Eu considero um Jogo muito bom, Não gosto mesmo é dos gráficos. Acredito que depois de ter jogado Lineage meu conceito de Graficos em MMO mudou muito. A jogabilidade é boa, não posso reclamar.

swtor-logo-128x128[1]

 

 

Star Wars: The Old Republic é o Ápice para mim dos MMOs. Quando eu jogava Diablo 1 eu pensava “Podiam fazer um RPG parecido com esse mas com a temática de Star Wars.” Pois bem décadas posteriores, meus desejos foram cumpridos de verdade. (Esqueçam o SW Galaxies, aquilo era horrivel). Bem apesar do desejo cumprido, eu não joguei de inicio. Eu estava em uma época em que eu estava dando um tempo total em MMOs. Quem joga MMOs sabe como é dificil se livrar de um deles. Pois bem não tinha planos de voltar, ainda mais casado e com um Bebê de poucos meses em casa.

Então eu só comecei mesmo a sentir curiosidade quando ele chegou na expansão Hutt Cartel aí eu acabei por me interessar. E sim é um Excelente MMO. A nível de comparar ao Lineage 2. Claro Gerações diferentes, conceitos diferentes e a temática completamente oposta. Mas podemos colocar em mesa ótimos gráficos, boa jogabilidades e aqui um especial, apesar de ser MMO, você pode jogar o jogo inteiro sozinho, sem amigos, sem clan, sem nada, apenas você. Cumprir suas missões sozinho. Sem obrigações que em outros MMOs te coloca de frente a ter tempo e ter microfone, bater papo e organizar missoes e raids com membros do clan para conseguir itens.  Aqui não Eu terminei o modo história com 8 personagens diferentes muitos com bons itens no final, bons em PvP sem nem ao menos bater papo com um membro de clan. Fantástico tudo o que um Pai de familia sem tempo e com prioridades que não é o jogo. Então me dei bem aqui.

Estou pensando em parar nele também porque está ficando chato. Os desenvolvedores parecem estar seguindo uma linha estranha no jogo. TUdo está girando em torno de te fazer gastar dinheiro para adquirir itens. isto está errado.

 

Esta é a lista de MMORPGs que eu joguei. Espero não ter deixado nenhum gamers triste ou magoado, esta jamais seria o objetivo. Mas jogar MMO na vastidão que temos é complicado, você se apega e para jogar outro é dificil. Tem muito a ver com gosto. e isto cada um tem o seu.

Tudo de bom e que a força esteja com você.
Curtam uma musica do Lineage 2 para animar um pouco